Kingdoms Associated Press



04/12/1467 Um tesouro desenterrado em (no(a)) Ловеч

Mis_ok desenterrou hoje um cofre que continha 10000 cruzados em (no(a)) Ловеч. Os rumores que falavam de tesouros escondidos no subsolo foram comprovados...

03/12/1467 Eleição para o conselho de(o) Condado do Porto: BANG recolhe a maioria absoluta dos assentos

LISBOA (AAP) - A lista Batalhadores Ativos pelo Norte Genuíno obtém mais votos na eleição para o conselho de(o) Condado do Porto, e de facto, obtém maioria absoluta dos assentos. Deste modo, poderá governar sozinha.

Distribuição dos votos:

1. "Batalhadores Ativos pelo Norte Genuíno" (BANG) : 100%

A distribuição proporcional dos assentos no conselho, em função dos votos, é feita da seguinte forma:

1 : Vivian (BANG)
2 : Jane_x (BANG)
3 : Mary_read (BANG)
4 : Dunlop (BANG)
5 : Vicenzo (BANG)
6 : Ezio_audittore (BANG)
7 : Beatrix_algrave (BANG)
8 : Lady_dii (BANG)
9 : Damienn (BANG)
10 : Rosalia_borgia (BANG)
11 : Seivanix (BANG)
12 : Ripdutch (BANG)

Os novos membros do conselho irão reconhecer o(a) próximo(a) Conde(ssa) dentro de dois dias. O(a) conde(ssa) irá então ser empossado(a) pela Santa Igreja, prestar homenagens ao seu soberano, e nomear os principais cargos do Condado.

23/11/1467 Portugal chora. Eduardo I caiu!

Lisboa (KAP)

No dia 20 de novembro de 1467, Portugal amanheceu de luto, eis que, no início da manhã, a Coroa Portuguesa anunciava o falecimento de Sua Majestade Real Eduardo I, Rei de Portugal.

Vítima de uma pneumonia crônica em estágio avançado, o Rei de Portugal já apresentava, há alguns meses, debilidade em seu estado de saúde com aparições cada vez menos frequentes e recolhimentos cada vez maiores.

Entretanto, diferente de outras ocasiões, ao final de sua coroação, o Rei Eduardo seguiu para um dos Grandes Salões dos Paços da Ribeira, com a finalidade de aceitar o juramento dos novos nobres. A cerimônia corria com normalidade. Entretanto, após aceitar o juramento do Barão de Fortaleza do Lis, Sua Majestade Real teve um acesso forte de tosse que o obrigou a retirar-se do local, de modo que a cerimônia precisou ser continuada pelo Príncipe Regente.

Desde então, o Rei não veio mais à público, tendo permanecido internado dentro dos Paços da Ribeira, onde foi tratado pela equipe de médicos da Coroa, liderados pela Viscondessa dos Paços da Figueira, enquanto Médica-Mor.

Acreditava-se que, como em outras ocasiões, algum tempo passaria até que as forças do soberano voltassem e lhe deixassem confiante para assumir novamente as rédeas do governo do seu Reino.

Contudo, um grande susto se abateu por todo o Reino quando, na manhã do dia 20 de novembro, pajens vestidos com as armas reais apreoavam na Praça Pública de Portugal um edital intitulado Durante toda a vida, ele enfrentou muitos leões.... Mas houve um leão que ele não foi capaz de vencer!.

Porém, o edital da Coroa não estava assinado com o selo do Rei, mas sim com o do Príncipe-Regente. O documento era, afinal, o anúncio do falecimento do Rei Eduardo e o decreto de luto.

No documento, o Príncipe explicava que: "Como todos sabem, nosso Rei, D. Eduardo I de Portugal sofria de uma pneumonia crônica que, há anos, debilitava sua saúde. Em virtude disto, durante todo o reinado, ele foi tratado por uma equipe de médicos supervisionados pela Viscondessa de Paço da Figueira, enquanto Médica-Mor de Sua Majestade. Entretanto, apesar do alto nível dos profissionais ter lhe franqueado conforto e uma sobrevida que lhe permitiu governar o Reino durante 6 (seis) meses, a vontade de Jah, Nosso Senhor, foi de chamá-lo para perto de si."

E logo em seguida, a dinâmica do trágico evento foi esclarecida: "Em um momento de lazer no Torreão de Tercenas dos Paços da Ribeira, El Rei sentiu-se mal e caiu sobre nossos braços, morrendo instantaneamente. A Equipe Médica diagnosticou que a extrema força no funcionamento dos pulmões de El Rei, causados pela pneumonia avançada, causou uma sobrecarga no funcionamento do seu coração, o que culminou em um infarto fulminante."

Com 35 (trinta e cinco) anos de idade, seis meses após ser coroado Rei pela Santa Madre Igreja, Dom Eduardo Próspero, Rei de Portugal, Duque da Ribeira e Barão de Pombal faleceu.

De acordo com as ordens do Príncipe Regente, o Reino estará de luto enquanto perdurarem as reais exéquias.

Com o falecimento do Rei, as candidaturas ao Trono de Portugal começaram e permanecerão abertas por 20 (vinte) dias ao fim dos quais, havendo mais de um candidato, dar-se-á período de votação. Durante este interregno, o governo do Reino será assegurado pelo Príncipe Regente de Portugal, Cardeal Adonnis de Sagres.

A., para a KAP.

______________________________________________________________________________________
O que acha da KAP? Faça críticas, elogie ou sugira acontecimentos que devem ser divulgados pela KAP. Escritório Central da KAP: Fórum dos grupos (Fórum 2) - KAP - Escritório Português da Kingdoms Associated Press.

Quer ser um redator e escrever artigos para a KAP? Mande o seu texto pelo fórum 1 para Toddy.Blackburn, fornecendo um resumo do seu currículo e um artigo seu, que pode até ser fictício, para sabermos o que é capaz de fazer. Após o seu currículo e artigo serem aprovados pelo corpo de redatores, será aceito no grupo!

16/11/1467 Eleição para o conselho de(o) Condado de Lisboa: Lisboa APP recolhe a maioria absoluta dos assentos

LISBOA (AAP) - A lista Lisboa com Ambição, Pessoas e Prosperidade obtém mais votos na eleição para o conselho de(o) Condado de Lisboa, e de facto, obtém maioria absoluta dos assentos. Deste modo, poderá governar sozinha.

Distribuição dos votos:

1. "Lisboa com Ambição, Pessoas e Prosperidade" (Lisboa APP) : 100%

A distribuição proporcional dos assentos no conselho, em função dos votos, é feita da seguinte forma:

1 : Aderito (Lisboa APP)
2 : Albuma (Lisboa APP)
3 : Chidozie (Lisboa APP)
4 : Carloseak (Lisboa APP)
5 : El_Comandante (Lisboa APP)
6 : Jotapen (Lisboa APP)
7 : Angellyna (Lisboa APP)
8 : Khloeh (Lisboa APP)
9 : Quelfescity (Lisboa APP)
10 : Catiti (Lisboa APP)
11 : Cremonesi (Lisboa APP)
12 : Padre_chankas (Lisboa APP)

Os novos membros do conselho irão reconhecer o(a) próximo(a) Conde(ssa) dentro de dois dias. O(a) conde(ssa) irá então ser empossado(a) pela Santa Igreja, prestar homenagens ao seu soberano, e nomear os principais cargos do Condado.

03/11/1467 Crise em Aveiro

Coimbra (KAP)

Em 25 de setembro Stormzs de Aveiro era reeleita para seu quarto mandato consecutivo à frente da Casa do Povo de sua terra natal. Cerca de 10 dias depois da eleição ela requisita à Condessa do Condado de Coimbra à época, Lyssah de Sagres, sua substituição, vez que tencionava demitir-se do posto por razões pessoais. Em 4 de outubro Hugo Gomes assume a respectiva Casa do Povo com autorização condal e em 25 de outubro se encerra novo escrutínio elegendo Vasco Coutinho para assumir a cadeira de Prefeito de Aveiro, sua primeira eleição para o posto e segundo cargo que ocupava, uma vez que assumiu uma vaga no Conselho de Coimbra após reiteradas renúncias da lista derrotada.

Assim que assume, Vasco Coutinho elabora um relatório de início de mandato acusando Stormzs, ex-Prefeita que já o havia derrotado anteriormente nas urnas, de ter subtraído dos cofres de Aveiro um valor de 22.000,00 cruzados. Contudo, pelo que se consta nos anos de relatórios seguidos, a informação constante sobre o citado valor é recorrente desde há muitos anos, sendo impossível portanto, determinar com quem está esse dinheiro, tampouco se ele de fato existe.

A fim de cumprir suas promessas de campanha, o prefeito eleito, ao que se conclui pela denúncia ofertada pela Procuradoria do Condado de Coimbra contra o mesmo, retirou dos cofres públicos quantia estimada em mais de 1.000,00 cruzados e viajou para a Capital do Condado, a cidade homônima de Coimbra, sendo surpreendido neste caminho pelo contumaz ladrão de estradas Awaynilzer, que triunfou e lhe roubou todo dinheiro e bens que carregava consigo.

O Conde de Coimbra, Heitor de Médici, requereu informações acerca da procedência do dinheiro roubado, questão a qual obteve como resposta de Vasco Coutinho que “Não te interessa a origem ou propriedade do dinheiro. O que importa é que fui roubado”. Dada a obscuridade da situação o Conde então solicitou novamente as informações além de solicitar uma auditoria completa da Casa do Povo de Aveiro com a finalidade de atestar de onde provinha o fruto do roubo, e desta vez obteve como resposta “Quanto a auditoria, indique as FUNDADAS HIPÓTESES que fundamentem o pedido de auditoria completa, que eu a apresentarei. Do contrário, somente apresentarei no prazo legal, que é a auditoria de meio de mandato, prevista para próxima sexta-feira. No mais, não me importune, pois tenho trabalho a fazer, muito em função do senhor não cumprir corretamente o seu”.

No Castelo de Coimbra ainda se seguiu uma acalorada discussão. O Tesoureiro de Coimbra, Grandr de Trovar, também requisitou informações ao prefeito de Aveiro, que também as negou, e quando o Conde de Coimbra tentou encerrar o debate dizendo que a situação de Aveiro seria discutida em momento oportuno Vasco Coutinho rebelou-se e disse “Não, não vai. Não há nada para se discutir sobre Aveiro. Eu venci a eleição e sigo normalmente no exercício da função de prefeito, cumprindo TODAS as promessas de campanha. Tá na cara que segue em curso um procedimento de lawfare, com vistas a autorizar uma tomada da casa do povo por um dos lacaios da turma que foi varrida na última eleição. Por garantia, já executei um mandato de segurança com todo o dinheiro e bens da Casa do Povo a um cidadão de confiança. Nenhum de vocês vai meter a mão nos bens e valores produzidos com o suor do povo de Aveiro. Abutres”. O que se seguiu de um abrupto acesso de raiva por parte do Conde Heitor que ficou de pé na sala de reuniões do Conselho apontando o dedo indicador na face do Prefeito de Aveiro gritando “Cabe ao Conselho do Condado de Coimbra zelar pelas Casas do Povo do Condado, e não me importa a sua desinformada opinião sobre isso. Este Conselho cumprirá sua função de garantir que o povo de Aveiro não seja governado por qualquer aventureiro desinformado e com ar de superioridade que não tem responsabilidade nenhuma sobre o que faz ou o que diz. [...] Você e os seus nunca trabalharam por Aveiro, todo dinheiro daquele erário é fruto do trabalho dos seus antecessores, o seu único trabalho foi esvaziar os cofres e viajar irresponsavelmente com o dinheiro que não lhe pertencia dando a chance de ser roubado, como foi. Você pagará por cada atitude irresponsável que tiver e cada decisão errada que tomar, mas não será afastado da Casa do Povo, pois sua condenação é recuperar o dano que você causou”.

Após isto ouviu-se um silêncio sepulcral por parte do Prefeito e demais conselheiros, sendo irrompido apenas pela Conselheira Cyara da Graça que deu continuidade à discussão original sobre a descriminalização da injúria no Condado de Coimbra.

Pelo que foi apurado por esta reportagem o Prefeito Vasco Coutinho foi indiciado por Abuso de Poder por se negar a prestar as informações requeridas pelo Conde, além de ter sido denunciado por Injúria cometida supostamente contra o Tesoureiro de Coimbra Grandr de Trovar.

Rafael, para a KAP.
______________________________________________________________________________________
O que acha da KAP? Faça críticas, elogie ou sugira acontecimentos que devem ser divulgados pela KAP. Escritório Central da KAP: Fórum dos grupos (Fórum 2) - KAP - Escritório Português da Kingdoms Associated Press.

Quer ser um redator e escrever artigos para a KAP? Mande o seu texto pelo fórum 1 para Toddy.Blackburn, fornecendo um resumo do seu currículo e um artigo seu, que pode até ser fictício, para sabermos o que é capaz de fazer. Após o seu currículo e artigo serem aprovados pelo corpo de redatores, será aceito no grupo!

+

Cours

Product Price Variation
Loaf of bread 4.56 -0.28
Fruit 9.92 0
Bag of corn 3.7 0.87
Bottle of milk 9.48 0.11
Fish 20.26 0.06
Piece of meat 12.25 0.13
Bag of wheat 10.89 -0
Bag of flour 12.88 1.64
Hundredweight of cow 20.53 0.33
Ton of stone 10.44 -0
Half-hundredweight of pig 15.41 0.05
Ball of wool 10.86 -0.14
Hide 16.32 -0.06
Coat 49.5 0
Vegetable 9.38 -0.18
Wood bushel 4.19 0.08
Small ladder 20.18 0
Large ladder 68.02 0
Oar 20 -0
Hull 36.49 0
Shaft 8.16 -0.14
Boat 99.33 0.63
Stone 18.32 -0.11
Axe 150.74 0
Ploughshare 38.44 0
Hoe 30 0
Ounce of iron ore 11.52 0.2
Unhooped bucket 21.88 0
Bucket 37.73 0
Knife 17.89 0
Ounce of steel 49.04 -0.06
Unforged axe blade 53.91 0
Axe blade 116.44 0
Blunted axe 127.79 -2.51
Hat 53.38 0.08
Man's shirt 119.57 0.12
Woman's shirt 121.14 0
Waistcoat 141.4 0
Pair of trousers 74.61 -0.09
Mantle 257.82 0
Dress 265.04 -0.2
Man's hose 45.63 -0
Woman's hose 44.32 0
Pair of shoes 27.53 -0.01
Pair of boots 86.57 0
Belt 45.2 -0
Barrel 12.02 0
Pint of beer 0.82 0
Barrel of beer 66.51 2.5
Bottle of wine 1.66 0
Barrel of wine N/A N/A
Bag of hops 19.34 0
Bag of malt 10 0
Sword blade 101.19 0
Unsharpened sword 169.69 0
Sword 146.48 -0.07
Shield 36.91 0
Playing cards 73.55 -0
Cloak 180.72 0
Collar 68.35 -0.06
Skirt 135.35 0
Tunic 222.36 0
Overalls 115.73 0
Corset 117.2 0
Rope belt 53.86 0
Headscarf 60.73 0
Helmet 164.91 0
Toque 48.61 0
Headdress 79.65 0
Poulaine 64.02 0
Cod 11.36 0
Conger eel 12.81 0
Sea bream 18.31 0
Herring 17.43 0
Whiting 17.42 0
Skate 12.16 0
Sole 18.11 0
Tuna 12.51 0
Turbot 18.02 0
Red mullet 16.53 0
Mullet 12.47 -0
Scorpionfish 20.5 0
Salmon 16.51 0
Arctic char 12 0
Grayling 14.77 0
Pike 17.6 0
Catfish N/A N/A
Eel 15.09 0
Carp 17.98 0.03
Gudgeon 17.68 -0.04
Trout 17.51 0
Pound of olives 13.38 0
Pound of grapes 9.18 0
Sack of barley 10.67 0
Half-hundred weight of goat carcasses 18.99 0
Bottle of goat's milk 12.81 0
Tapestry 143.6 0
Bottle of olive oil 121.94 -0
Jar of agave nectar N/A N/A
Bushel of salt 19.89 0
Bar of clay 3.43 -0
Cask of Scotch whisky 93.32 -0
Cask of Irish whiskey 131.27 0
Bottle of ewe's milk 10.57 0
Majolica vase 10 0
Porcelain plate N/A N/A
Ceramic tile N/A N/A
Parma ham 84.97 0
Bayonne ham 34.65 -0
Iberian ham 70.28 0
Black Forest ham 54.72 0
Barrel of cider 51.16 0
Bourgogne wine 76.22 0
Bordeaux wine 60.89 0.31
Champagne wine 141.21 -5.25
Toscana wine 33.69 0
Barrel of porto wine 87.44 0
Barrel of Tokaji 163.71 0
Rioja wine 159.19 0
Barrel of Retsina 36.79 -0
Pot of yoghurt 85.17 -0
Cow's milk cheese 77.07 0
Goat's milk cheese 85.06 2.5
Ewe's milk cheese 52.26 0
Anjou wine 50.88 -0
Ewe carcass 15.03 0
Mast 456.7 0
Small sail 215.71 0
Large sail 838.79 0
Tumbler of pulque N/A N/A
Jar of pulque N/A N/A